.

.

sábado, fevereiro 24, 2018

Boa noite Comentando...




Livre, Sem enrolação. 


Ninguém é leve enquanto comido de apegos...

Enquanto esmagado por "minhas e meus", enquanto feito refém de caprichos...

Ninguém é leve enquanto sujeito à uma imagem...

Seja qual for, construída apenas para ocultar o verdadeiro eu...

Ninguém é leve...

Se nunca experimentou o sabor do simples...

Por achar inadmissível descer das poses, responsáveis pelo que chama de auto-estima...

Sendo apenas mais um nó de laço...

Apertado, esganando...

Mais uma cruz à arrastar.

Ninguém é leve se não percebe...

Que leves são os que nada são...

Nada que brilhe demais, que custe demais, que exija demais...

Nada que dê muito e inútil trabalho.

Leves são...

Os que em paz com tudo isso estão...

E a si não devem nada, nem a quem quer que seja...

Pois pra esses, o que vem antes de tudo...

É a lei básica do coração:

Amar simplesmente...

Viver intensamente...

Sem, às vaidades toscas, alienantes...

Não dever nem um tostão.

Aí sim, aí se é de fato leve...

Livre! Sem enrolação.


(Gi Stadnick)

Sol Hoffmann

sexta-feira, fevereiro 23, 2018

Boa noite Comentando...




Não era pra ser...


Certa vez, um homem teve uma oportunidade incrível nas mãos.

Uma chance dessas assim que não aparece todo dia e que poderia mudar a sua vida de uma vez por todas.

Acontece que ele não se dedicou o quanto deveria e deixou a chance escapar por entre os dedos.

Quando se deu conta da oportunidade que estava perdendo, já era tarde demais.

Sentiu-se culpado e bastante cobrado pelo ocorrido, pelos outros e principalmente por si mesmo.

Foi quando teve uma ideia e justificou de forma genial:

“- Não era pra ser! O destino não quis.” 

Inexplicavelmente as pessoas aceitaram e se identificaram com aquilo.

Com isso ele tirou o peso das suas costas e se isentou da responsabilidade.

Desse dia em diante tudo mudou.

As pessoas aprenderam a colocar suas frustrações na conta do destino, gerando uma falsa ideia de que existe um futuro pronto e acabado, esperando para acontecer.

Que certas coisas não acontecem simplesmente porque não tem mesmo que ocorrer.

Essa ideologia fez surgir um exército de resignados preguiçosos, acomodados com a vida e com o que o suposto destino lhes reserva.

Mas, quer saber? Não é assim que a banda toca.

O destino é construído a cada dia, com as suas escolhas, com o seu empenho, com a sua garra e a vontade de realizar.

É tudo uma questão do quanto você deseja e do que está disposto a fazer para conseguir.

Não existe perdedor de véspera e nem vencedor predestinado.

Não existe história já escrita.

A vida é interativa e as cartas sempre estão na mesa.

Não culpe a sorte pelo seu fracasso, porque, na esmagadora maioria das vezes, o que falta mesmo é empenho.

Não se contente em ser passageiro da sua própria vida.

Tome as rédeas.

Estabeleça um compromisso com a sua felicidade.

Mude o que achar que deve.

Escreva o seu destino.

Onde existe determinação o azar não faz morada.

(Rafa Magallhães)


Sol Hoffmann

quinta-feira, fevereiro 22, 2018

Boa noite Comentando...







A felicidade exige valentia!


"Posso ter defeitos, viver ansioso
e ficar irritado algumas vezes
mas, não esqueço de que minha vida
é a maior empresa do mundo,
e posso evitar que ela vá à falência.
Ser feliz é reconhecer
que vale a pena viver
apesar de todos os desafios,
incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas
e se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si,
mas ser capaz de encontrar um oásis
no recôndito da sua alma.
É ficar feliz a cada manhã
pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um "não".
É ter segurança para receber uma crítica,
mesmo que injusta.

Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo..."

(Fernando Pessoa)




Sol Hoffmann

domingo, fevereiro 18, 2018

Boa tarde comentando...








Dez coisas que levei anos para aprender...



1. Uma pessoa que é boa com você, mas grosseira com o garçom ou
empregado, não pode ser uma boa pessoa.
(Esta é muito importante. Preste atenção, nunca falha).


2. As pessoas que querem compartilhar as visões religiosas delas com você,
quase nunca querem que você compartilhe as suas com elas.
( Tá cheio de gente querendo te converter!)


3. Ninguém liga se você não sabe dançar. Levante e dance.
( Na maioria das vezes quem tá te olhando também não sabe! Tá valendo! )


4. A força mais destrutiva do universo é a fofoca.
( Deus deu 24 horas em cada dia para cada um cuidar da sua vida e
tem gente que insiste em fazer hora extra! )

5. Não confunda sua carreira com sua Vida.
( Aprenda a fazer escolhas! )

6. Jamais, sob quaisquer circunstâncias, tome um remédio para dormir
e um laxante na mesma noite.
( Quem escreveu deve ter conhecimento de causa! )


7. Se você tivesse que identificar, em uma palavra, a razão pela
qual a raça humana ainda não atingiu (e nunca atingirá) todo o seu potencial,
essa palavra seria "reuniões".
( Onde ninguém se entende... com exceção das reuniões que acontecem nos
butecos... )


8. Há uma linha muito tênue entre "hobby" e "doença mental".
( Ouvir música é hobby... no volume máximo ás 7 da manhã
pode ser doença mental! )


9. Seus amigos de verdade amam você de qualquer jeito.
( Será????? Que bom !!!!! )


10. Lembre-se: nem sempre os profissionais são os melhores.
Um amador construiu a Arca.Um grande grupo de profissionais construiu o Titanic.

(Luís Fernando Veríssimo)




Sol Hoffmann

A matéria das palavras


Estamos aqui. Interrogamos símbolos persistentes.
É a hora do infinito desacerto-acerto.

O vulto da nossa singularidade viaja por palavras
matéria insensível de um poder esquivo.

Confissões discordantes pavimentam a nossa hesitação.
Há uma embriaguês de luto em nossos atos-chaves.

Aspiramos à alta liberdade
um bem sempre suspenso que nos crucifica.

Cheios de ávidas esperanças sobrevoamos
e depois mergulhamos nessa outra esfera imaginária.

Com arriscada atenção aspiramos à ditosa notícia de uma
perfeição
especialista em fracassos.

Estrangeiros sempre
agudamente colhemos os frutos discordantes.

Ana Hatherly

sábado, fevereiro 17, 2018

Boa noite Comentando...







Ninguém disse...


Não, ninguém disse que fácil seria,
nem disse que dificuldades você não enfrentaria.
Ninguém falou que só de romance você viveria.
O amor tem caminhos imperfeitos,
tem qualidades mas, também, tem defeitos,
tem deveres porém possui os seus direitos.
O amor se enraíza no nosso coração
mas, também, escorre pelas nossas mãos,
nos proporciona momentos de felicidade
mas, também, instantes de ansiedade.
O amor é real e é miragem,
é veículo que conduz à serenidade,
é dinamite que destrói paisagem.
É, nunca ninguém falou que seria
como um esplêndido raiar do dia.
Sempre se soube que existiriam noites frias,
muitas madrugadas vazias,
as horas de medo e solidão,
de insegurança e insatisfação.
Mas, afinal, o que seria do amor
se ele só provocasse alegrias e nenhuma dor?
Dizem que apenas em estado de calmaria
ele jamais sobreviveria,
então o que nos resta é conviver
com esse seu modo estranho de ser.

(Silvana Duboc)




Sol Hoffmann

Você também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...